Frete para e-commerce: Como melhorar a experiência de compra do seu cliente

frete bling, gateway de frete, cotações de frete, cotar frete, transportadoras para e-commerce, contratar transportadora, api de frete, api de frete e-commerce, automação logística, calcular frete fbits, cálculo de frete, cálculo de frete offline para correios, contratar transportadoras, frete e commerce, frete e-commerce, frete ecommerce, integrações de frete, integração de frete, automação logística

As taxas de conversão são um objetivo a ser otimizado em toda loja virtual que deseja ter sua operação saudável. Atualmente, cerca de 82% dos carrinhos de compra no Brasil são abandonados. Todas etapas que o cliente perpassa ao fazer uma venda são decisivas para determinar se ele se fidelizará ou terminará sua relação com o e-commerce na primeira compra, por isso, de nada adiantará ter um site otimizado, com boa navegabilidade e bons produtos, se as condições do frete do e-commerce não estiverem de acordo com o restante das operações.

A questão inicia-se nas cotações de frete, quando o cliente insere seu CEP no carrinho de compras. Caso os valores e prazos não sejam atrativos, o consumidor prefere não fechar a venda. Prova disso é que 3 a cada 4 consumidores no Brasil já desistiram de uma compra devido ao preço do frete, segundo um estudo realizado pela Manhattan Associates, que é especializada em Omnichannel, essa desistência equivale a uma perda de quase R$12 bilhões para os e-commerces.

Se o cliente chegou a adicionar o produto ao carrinho, indica que ele realmente estava interessado na compra e algo aconteceu que lhe tirou o interesse. Como dito acima, a maioria dos casos é devido a alguma caraterística do frete.

Sabendo disso, é importante possuir um bom Gateway de Frete que forneça um rápido retorno nas cotações de frete e várias opções de entrega, com grande abrangência, bons preços e prazos, para que o cliente tenha liberdade para contratar a que melhor lhe atender. Fornecer poucas opções é aumentar a possibilidade de abandono de carrinho.

O caminho mais comum é utilizar os Correios ou alguma transportadora.

Mas quando usar os Correios? Em qual caso é melhor contratar transportadoras?

Há prós e contras para ambos, por isso, veja abaixo.

Frete para e-commerce: Correios

A utilização dos Correios é mais comum entre os e-commerces, do que as transportadoras, pela facilidade de integração e contratação e abrangência, quase total no território nacional.

É importantíssimo ressaltar que o sistema dos Correios (Sigep Web) fica sobrecarregado ou indisponível constantemente. Esses problemas recorrentes influenciam diretamente no funcionamento das lojas virtuais, que por sua vez perdem muitas vendas. Eis o motivo: Quando o sistema dos Correios está fora do ar, todo cálculo de frete que é solicitado na loja virtual, fica sem retorno dos Correios. Assim, o visitante solicita o cálculo de frete e o e-commerce não consegue retornar os valores, fazendo com que o carrinho seja abandonado.

Em um outro post, falamos mais a respeito da Indisponibilidade no Sistema dos Correios. Leia para se aprofundar.

Outro ponto a considerar, são as regras que os Correios possuem, que limitam as características dos produtos a serem enviados, como o peso, que não pode ser maior que 30Kg.

Além disso, os Correios fornecem unicamente os fretes e seus rastreios individualmente. A gestão desses fretes é dificultada por este fator, juntamente com a dificuldade de contato e resposta para atrasos e indenizações.

Frete para e-commerce: Transportadoras

As transportadoras normalmente trabalham nas limitações dos Correios. Elas atendem demandas que os Correios delimitam, mas que são crescentes no comércio online.

No cenário atual do e-commerce brasileiro, as vendas online crescem a cada ano, ao passo que a representatividade dos Correios cai, assim o mercado tem favorecido as empresas de transporte, que por sua vez tem começado a desenvolver estratégias para começar a brigar por preços e prazos com os Correios, mas sempre atentando-se para a qualidade do serviço como um diferencial.

Com as condições demonstradas acima, contratar empresas de parece resolver todos os problemas logísticos de um e-commerce. Entretanto, uma transportadora não possui abrangência o suficiente para coletar e entregar em qualquer lugar do país. O e-commerce precisa se ater ao diferencial que cada transportadora tem a oferecer e conseguir economizar usufruindo onde a melhor condição de entrega prevalece.

Integrações de Frete

É de suma importância discorrer sobre este assunto ao ponderar sobre empresas de transporte. Para que a loja virtual forneça opções de frete diversificadas, é necessário desenvolver integração com as empresas de transporte, e cada integração é única, realizada de maneira singular. Ter contrato e integração com várias transportadoras, além de demorado e complexo, é burocrático e custoso.

Meios de entrega alternativos

O avanço da tecnologia atrelada a mentes criativas proporciona que novas ideias visando atender necessidades apareçam com frequência.

Atualmente já é possível possuir opções de entregas paralela às transportadoras e Correios, como frete aéreo, que terá um custo maior, mas com prazos curtos, visando atender urgências nas entregas, além dessa opção, as entregas sustentáveis, de bicicleta também vem crescendo, juntamente com os pontos de coleta, que fornecem comodidade para o cliente retirar seus produtos, evitando que a encomenda retorne ao ponto de distribuição, além de ser mais rápido e econômico pra ele.

Outro meio alternativo de entrega que está sendo estudado e já foi testado desde 2016, é a entrega por drones, mas ainda é inviável, por questões de autorização para tráfego aéreo e o alto custo na manutenção e manuseio especializado.

Frete para e-commerce: Tenha várias opções de entrega para seus clientes

Cada opção de entrega possui seus prós e contras e sozinhos não conseguem atender a uma demanda a âmbito nacional. Todavia, os custos e requisitos para integrar com diversas empresas de transporte inviabiliza o processo.

Então, como proceder?

A solução com menor custo benefício é a automação logística, através dela o e-commerce poderá ter o gateway de frete, eliminando os cálculos por tabela e o problema da instabilidade dos Correios. Várias opções de frete, através de uma ferramenta logística, o e-commerce não precisa contratar e desenvolver integração com cada transportadora. Rastreamento centralizado e sendo disparado automaticamente para o e-mail ou por SMS ao cliente.

A ferramenta que atende todos os perfis para entrega é a Frete Rápido, que fornece automação logística completa, partindo das cotações de frete, realizadas em menos de 300 milissegundos, a cotação mais rápida do mercado, com os modais parceiros e com as transportadoras e Correios. A partir daí, a contratação do frete pode ser programada para ocorrer de maneira automática, ou pelo Painel, com um clique, em lote ou individualmente, gerando PLPs e pedidos de coleta. O rastreio é fornecido ao e-commerce e ao cliente (Destinatário), sendo exibido na loja virtual, por SMS ou no e-mail do cliente. Além de todas as funcionalidades prescritas acima, o gestor do e-commerce tem todos os rastreios, independente do modal, centralizados no Painel Frete Rápido, além do Business Inteligence, que possui gráficos com um levantamento de dados completo sobre os fretes de forma visual o que facilita a identificação imediata do desempenho da operação, também é possível ter um maior controle através das métricas fornecidas pelos KPIs, (Key Performance Indicator), que é um indicador chave de desempenho por região, status de carga e até médias de prazos. Assim, o administrador pode analisar, prever possíveis problemas ou pontos a serem melhorados, traçar as estratégias comerciais, operacionais e realizar as devidas otimizações.

O texto foi útil pra você? Ficou alguma dúvida. Deixe seu comentário!

Fale conosco e saiba como ter toda automação logística capaz de reduzir seus custos e melhorar a experiência de compra de seus clientes simultaneamente.

frete bling, gateway de frete, cotações de frete, cotar frete, transportadoras para e-commerce, contratar transportadora, api de frete, api de frete e-commerce, automação logística, calcular frete fbits, cálculo de frete, cálculo de frete offline para correios, contratar transportadoras, frete e commerce, frete e-commerce, frete ecommerce, integrações de frete, integração de frete, automação logística

1 Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *